segunda-feira, 27 de julho de 2015

Confissão 1

Eu perdi as contas
Das vezes que chorei
Ao pensar em nós.
Chorei em silêncio,
Por vezes gritei
E confesso, até já desesperei.

Ontem,
Quando senti as lágrimas se formando,
Liguei a webcam.
Vi cada detalhe do meu choro,
Assisti ao espetáculo da minha dor,
Conheci a face da tristeza,
Ali, em frente... em mim.

Tentei, com isso,
Convencer a mim mesma
Do mal que me causaste.
Tentei olhar para aquelas lágrimas
E tentei entender que devo esquecer de ti,
Que devo esquecer quem me arranca lágrimas.

Quantas teorias mais terei de inventar?
Quantas teorias são necessárias para deixar de te amar?



By Flor, em um dia sem sol...